Resenha: Os meus Autores Prediletos

Resolvi reunir os meus autores prediletos, contar um pouco a respeito deles e o que mais admiro. Com isso, também compartilhar minhas obras favoritas, as que me inspiram, as quais já li mais de uma vez e com certeza me dão um ótimo combustível ótimo para escrever e contar as minhas próprias histórias.

Maryan Keyes




Esta autora que ganhou o meu coração, me faz ter uma vontade danada de ir visitar a Irlanda. De tantas histórias lidas a respeito de Dublin já me sinto em casa e com certeza será um dos destinos que pretendo fazer quando for viajar. Dona de uma mente criativa capaz de nos envolver em histórias comoventes, repleta de dramas muito reais que poderiam acontecer com qualquer um de nós, rega tudo com tanto bom humor, ironia e inteligência que temos verdadeiros ataques de risos ao nos debruçarmos sobre suas histórias. Tenho a coleção inteira dela para que a qualquer momento possa ler e reler meus personagens favoritos e as histórias prediletas. Para quem quer uma deixa para começar ler os livros dela, se você prestar atenção a maioria das tramas se passa em volta da família Walsh, suas filhas, seus dramas familiares e como família é sempre família em qualquer lugar do mundo, pode se preparar para muitas diversões em família e com certeza muitas lágrimas também. Aqui embaixo vai a minha seleção dos meus livros favoritos desta autora mega especial:



Nick Hornby.

Meu segundo autor favorito é Nick Hornby. Tudo começou quando estava me recuperando de um coração partido e um colega meu me indicou um livro que ele falou que não iria apenas no meu momento de fossa, mas com certeza iria me dar una lição para os meus futuros relacionamentos. Um livro que fala sem meias verdades, sem mentiras sinceras sobre a árdua tarefa de amar e ser amado, irá mudar completamente a forma com a qual você desempenha ou não seu pape nos relacionamentos, tudo isso veio com o livro Alta Fidelidade, também tem uma versão em filme que vale a pena ser conferida com a atuação implacável John Cusak.O autor é inglês, a maioria de seus filmes viraram filmes que podem ser conferidos no títulos como Uma Longa Queda, Um Grande Garoto, Alta Fidelidade. Apaixonado por futebol, musica, também tem obras lançadas com estas temáticas. Na sua vida pessoal tem um filho diagnosticado com autismo, com isso também está empenhado em obras sociais que auxiliem crianças que sofrem da mesma problemática de seu filho. Aqui embaixo os meus livros favoritos desta autor que com certeza devem ser conferidos.



Sophie Kinsella

Uma das queridas autoras das quais os livros dela curam qualquer TPM, fazem o tempo voar e com certeza o tipo de livro que a gente pega e é obrigado a devorar até o final. São situações inusitadas das quais com certeza a gente pensa que com certeza não iriam acontecer no mundo real, mas vai saber. Se por acaso você encontrasse um celular novinho e inteiro no lixo e o seu acabara de estragar, será que a gente pegaria emprestado? Se a gente tivesse um colapso nervoso ao ser demitida do emprego de nossos sonhos será que pegaríamos um trem com destino a qualquer lugar? Será que se não a nossa mão não tivesse sido pedida a gente desistira de nosso relacionamento e tentaria dar certo com um velho amor? E se o nosso vicio em compras nos levasse a cometer insanidades? Se em meio a um voo em pane devido ao mau tempo a gente entrasse em pânico e confidenciasse todos nossos segredos até mesmo os mais obscuros para um total desconhecido ?Estas são algumas deixas de alguns dos meus livros prediletos desta autora, da qual parece entender a minhas atrapalhações do nosso cotidiano que me submetem à situações hilárias.



Fernando Sabino

Um dos meus autores favoritos que me acompanhou durante a adolescência. Com certeza a única pessoa que conseguiu imprimir o vazio que todos nós carregamos ao longo de nossa jornada de uma forma quase brutal ao lermos O Encontro Marcado. Cronista de grande talento, seus romances sempre serão atuais independente quanto tempo se passe, acredito que seja um dos mais talentosos autores brasileiros que deve ser lido pelas gerações futuras e ser respeitado como patrimônio da cultura brasileira. Abaixo os meus livros favoritos deste autor que consegue transpor em palavra o que parece apenas existir em forma de sentimentos.



Helen Fielding


A minha querida criadora da Bridget Jones e com certeza a mais conteporãnea das histórias. Fala de nós mulheres reais, de carne e osso, estrias, quilos a mais na balança, cabelos com pontas duplas, esmaltes descascados e com certeza usamos calcinhas de vovó durante a semana. Tirando a imagem que a Cinderela deve ser perfeita, organizada e totalmente inspirada, por que não podemos nos inspirar com garotas como a gente? Afinal foi ela me senti mais "normal" ao saber que tem pessoas que assim como eu lutam contra balança, sofrem da síndrome de se pesar a todo instante, tenta a todo custo caber no número 40 e se alegra toda com um simples sorriso daquele garoto do qual almeja. Se você viu os filmes no cinema, vale a pena conferir com mais detalhes, mais diversão, os livros. Faz pouco que autora lançou outro livro da série, mas este será tema para daqui a pouco.



Èrico Verissímo


Foi um dos primeiros autores brasileiros e gaúchos dos quais cultuei desde muito cedo. Adoro os romances histórias, as tramas fortes e os amores proibidos. Durante muito tempo me dediquei em devorar a sua obra, pretendo reler daqui para frente já que gosto de manter viva as histórias que aquecem o meu coração. Ele cria personagens que ultrapassam o tempo, consegue nos ensinar a história sem ser massante ou chato e sim nos envolvendo em tramas familiares repletas de muitos segredos e surpresas.


Daqui a poco espero aumentar a minha lista de autores e autoras que fazem a minha cabeça. Mas espero ter ajudado a quem quer ampliar o seu repertório de escritores e não sabia muito bem por onde começar

Nenhum comentário:

Postar um comentário